Feeds:
Posts
Comentários

Archive for the ‘Uncategorized’ Category

Sempre gostei de assistir filmes mas nunca me liguei no nome do diretor, produtor, roteirista, das respectivas obras cinematográficas. Porém, ultimamente, isso tem mudado.

Nos últimos tempos, os filmes do Woody Allen tem me dado boas reflexões sobre a vida. Toda vez que vejo o nome dele em alguma resenha, fico toda animada querendo ver o tal filme. É impressionante como ele consegue fazer um filme leve e profundo ao mesmo tempo… fico apaixonada!

Diante da fase que estou vivendo e das muitas dúvidas e inquietações que rondam a minha cabeça, os enredos de “Vicky Cristina Barcelona” e “Meia noite em Paris” me induziram a uma profunda reflexão sobre algumas questões. É impressionante como consigo me reconhecer nos personagens e, também, como partilho das questões abordadas quase em sua totalidade. Realmente penso que seria mais feliz se vivesse na década de 30 do século XX e, também, se desse mais ouvidos às minhas emoções e não reprimisse tanto meus impulsos. Mas tantas questões se entrelaçam nesse ponto que discorrer sobre o assunto é uma tarefa quase impossível. Falar sobre sentimentos intensos é uma tarefa muito árdua pra mim.

Portanto, diante disso, deixo aqui duas indicações de bons filmes para o final de semana (ou qualquer tempo livre): Vicky Cristina Barcelona e Meia Noite em Paris.

Enjoy!

Anúncios

Read Full Post »

Ah quanta saudade! Ainda ontem tava me lembrando das nossas pescarias… Nunca fui muito corajosa com as minhocas, mas o senhor sempre me ajudava a iscar minha vara de pescar, mesmo que depois da terceira ou quarta vez ficasse bravo e me mandasse parar de perturbar e me virar sozinha! Lembra da vez que pescamos um cágado? O senhor deu tanta risada quando, sem querer, me assustei com o movimento do bicho e joguei-o com tanta força no chão… pobre bicho nojento! Voltou correndo pra água, e o senhor ria da minha cara de assustada…

E as nossas conversas? Quando era sobre política, todo mundo saía da mesa e nós, mesmo depois de 4 horas se xingando, conseguíamos concordar com alguma coisa sem sentido no final. Alguma que não fazia minimamente parte do assunto inicial. Geralmente era algo sobre novela…. sempre acabava com novela! hahahahahaha… O senhor lembra como expulsávamos as pessoas da sala pra assistir a novela das 19:00? Mas no fim ninguém assistia nada, tanto eu quanto o senhor gostávamos de contar histórias, então eu me envolvia em algum relato que contava e fazia perguntas pra tentar extrair o máximo de informação possível pra rir em seguida… E o senhor também gostava de ouvir minhas histórias… era uma troca quase desleal, pois o senhor me contava das façanhas pelo Brasil, e eu ficava ali, fascinada, ouvindo atentamente, e quando chegava a minha vez, sempre falava de algo entre escola/banda, bah! monótono demais!, mas ainda assim o senhor se interessava e continuava querendo ouvir… Isso me deixava tão feliz!

Tio, lembra das horas que passávamos tocando violão? Mesmo no início, quando eu tocava muito mal, o senhor sempre me incentivou pedindo músicas que eu nunca tinha ouvido. E eu fazia um esforço imenso pra tirar tudo direitinho e tocar pro senhor ouvir! Tentava ser o mais perfeita possível! Lembra do réveillon que pegamos o violão do Edson emprestado e, enquanto todo mundo tava fazendo a contagem, eu estava sentada ao pé do senhor e nós revezávamos pra tocar os sertanejos que tanto gostava! Foi nesse dia, depois de tanto tempo de convivência, que descobri que o senhor também tocava! Fiquei tão feliz! Me senti tão importante por descobrir que tínhamos mais alguma coisa em comum!

Até hoje não sei como o senhor tinha paciência pra me aguentar! Eu bagunçava tanto naquela oficina! Ficava pulando de máquina em máquina, caminhão em caminhão, carro em carro, e o senhor, apesar de gostar tanto daquele lugar, nunca me repreendeu! Pelo contrário, lembro das vezes que estávamos eu e a tia na sala, e o senhor subia só pra me chamar pra brincar na oficina… eu ficava tão feliz! Ainda era a época da Taiga, e eu tinha um medo anormal daquela cadela assassina!, mas mesmo assim eu descia porque o senhor tava lá pra me proteger…

Bah, quantas coisas passamos juntos! E só não passamos mais por negligência minha… como me arrependo!

Tio, o mais perto que cheguei de falar que amava o senhor foi quando, no meio daquele cataclisma há alguns anos, falei que, dos 3 tios que eu tive durante a infância, o senhor era o único que ainda tava do meu lado, pois Papai do Céu tinha levado todos os outros pra morar com ele. E lembro como o senhor chorou e me abraçou quando eu disse isso…

Hoje faz 1 ano. 1 triste e penoso ano. Como fiquei revoltada com o que tava acontecendo, o senhor não tem idéia… Mas mais uma vez não consegui falar com o senhor, durante esse tempo, pois estava numa fase complicada com a faculdade e eu tinha certeza absoluta que o senhor ia se safar dessa, assim como saiu de tantas outras!

Tio, às vezes eu ainda acho que o senhor vai entrar pela porta de casa me chamando de “moleca”, sentando na mesa pra comer comigo, pro senhor, a sopa da minha mãe, e como o senhor sabe que eu não gosto de comida que bóia (e como o tio ria quando eu falava isso), então eu acabava comendo arroz com ovo frito quase sempre e, depois disso, íamos para a sala… Às vezes ainda vejo o senhor sentando no canto do sofá com as pernas cruzadas e com as mãos atrás da cabeça (hábito esse que eu herdei também) e abrindo aquele sorriso maroto pra mim, logo quando eu passava pelo batente…

Papai do céu foi muito sacana comigo levando o senhor pra morar com ele, mas foi muito esperto também! O mundo tá muito ruim, e o senhor sempre foi uma pessoa tão boa que, tenho pra mim, Ele resolveu levar o senhor pra um lugar melhor.

Tio, aprendi que saudade é uma coisa inevitável e que dói tanto… E, como não posso abraçar e nem conversar com o senhor uma última vez, estou tentando escrever minha saudade pra extravazar um pouco.

O senhor sempre foi o melhor tio e padrinho do mundo. Te amo.

Moleca.

Read Full Post »

2 anos! \o/

aeeeee 2 anos de blog! uhuuullllll

Read Full Post »

Bem, não sei direito como começar esse post pois, como o nome já diz, ele é sobre nada. Justifico: eu queria realmente atualizar o blog, but não tive nenhuma idéia genial para tal, então decidi escrever alguma coisa não muito específica. No decorrer do post talvez o assunto surja (ou não!).

tecnicamente não é um nada, já que a figura é de um quadrado branco... mas todo mundo pensa num quadrado branco quando tentam não pensar em "nada".

Se eu fosse criativa e/ou soubesse desenhar, como o Camilo, colocaria(aliás, curti os quebra-cabeças Camilo xD) meus desenhos e contaria o porque deles e coisa e tal… (ou simplesmente só colocaria e pontofinal). Como eu não sei desenhar e também não sou criativa, não dá para atualizar o blog com coisas muito legais e supimpinhas.

Se eu soubesse escrever poesia, faria igual a senhorita Romilde Junquera: um blog todo de poesias e crônicas e imagens e recortes e todas essas coisas legais de pessoas cool. Mas não, também não sei escrever poesia e nem sou cool. Menos uma opção.

Se eu manjasse muito de política, escreveria um texto gigante sobre… ainda mais agora nessa época de eleição. Mas a única coisa que eu sei sobre política é que sou CONTRA o PSDB. É, o neoliberalismo não faz meu gênero, desculpe.

Se eu manjasse muito de música, poderia escrever outro post falando de coisas específicas sobre instrumentos ou gêneros musicais. Mas como eu estou bem enferrujada, melhor não arriscar. Meu instinto musical desperta em raros momentos de revolta. Bem complexo, eu sei.

Sobre quadrinhos e filmes eu posso escrever, até tenho um vasto conhecimento sobre mas, sério, no momento não quero escrever nem sobre filmes e nem sobre quadrinhos. (aliás, falando nisso, já escolheram a Gwen Stacy do novo filme do Homem-Aranha. Fiquei surpresa também, porém muito contente. =D)

Cara, eu realmente não sei sobre o que escrever. Não quero transformar o blog em um diário. Mas, ao mesmo tempo, não quero transformá-lo em um serviço de utilidade pública. Sei lá, muito complicado isso.

Ahhhhh se eu soubesse escrever… tudo seria tão mais fácil…

obs: tô ficando boa nesse negócio de falar falar falar e não falar nada. Que contradição, não?

Read Full Post »

Esse post marca o início de uma nova era no blog.

Depois de muito tempo, resolvi trocar a imagem do cabeçalho (aquele verde me dava náuseas) por algo mais simpático, dinâmico, colorido… fofo!

Enfim, tá aí o resultado…. espero que a mudança seja aprovada…

Read Full Post »

Sabe aqueles dias entediantes onde você tem muita coisa pra fazer e  nenhum ânimo para tal? Então, hoje é um deles.

E como tá tão entendiante, mas tão entediante, resolvi tirar alguns minutos para fazer coisas idiotas. Fui para o site do Uol e entrei na página do BBB10 pra responder a enquete de quem deve sair amanhã… E eis que me deparei com um resultado interessante:


Michel e Anamara empatados…

Como as enquetes do UOL sempre dão certo (quando se trata de BBB), espero que seja feita a vontade do público e esses dois xaropes sumam da casa… \o/

Read Full Post »

Ahhhh o verão….

Tempo de férias, recesso escolar, tomar sorvete, ir pra praia, surfar, andar de skate sem se preocupar com o horário e mais n outras vantagens dessa época..

nada melhor que andar de blusa, dormir de edredom, se reunir em volta de uma fogueira, comer foundue e… EI! PERAE! É VERÃO!

Sim, é. Só esqueceram de avisar São Pedro. (ou seja lá quem for o Santo responsável pelo clima)

Read Full Post »

Older Posts »

%d blogueiros gostam disto: